17 de janeiro de 2010

Hipnose dark

Se você já freqüentou alguma sessão de yoga e sabe controlar a respiração, vai se dar bem na hipnose. O passo seguinte é deixar o hipnotizador invadir sua mente poluída.

Hipnose e submissão são as mesmas coisas. O hipnotizador manda e o hipnotizado obedece. Lembra quando você brincava de ‘O mestre mandou’ na infância? Pois é...

Só que na hipnose tem que ficar com os olhos fechados. É até melhor porque o hipnotizador pode ter cara de bife batido ou de chokito.




Geralmente o hipnotizado responde de modo extremo ou pouco comum.

Isto quer dizer que você pode ter reações involuntárias fazendo coisas absurdas como, por exemplo, ouvir alguma música da Preta Gil, acreditar que o Lula nunca soube de nenhum esquema de corrupção ou pensar que um dia José Alencar vai morrer.


O pêndulo pode ser substituído por outros objetos.

Varia de acordo com a cobaia.

Caso a cobaia seja o Zeca Pagodinho, basta balançar uma garrafa de Brahma. Se for o governador do DF, José Roberto Arruda, mostre uma propina em movimento. Sendo Amy Winehouse a vítima, mostre uma embalagem de Rivotril ou Diazepan.


Não é a resposta que move o hipnotizado e, sim a pergunta do hipnotizador.

1 comentários:

Naty Bomfim,  18 de janeiro de 2010 01:59  

UAAAAAAaaaaaaaaaauuuuuuuuuuuu!

  © Macaquices - Design by Emporium Digital

Back to TOP